Frutas secas são alternativas para saciar a fome

Nutricionista Elaine de Pádua explica as propriedades do alimento

Julho de 2017- As frutas secas estão cada vez mais populares para o consumo. A maior qualidade delas é que proporcionam um equilíbrio na bomba de sódio e potássio do organismo, já que são fontes ricas em potássio. A nutricionista Elaine de Pádua explica que a falta de potássio gera uma retenção hídrica muito grande, o que não acontece se as frutas secas forem ingeridas.

“Eu recomendo o damasco, a uva-passa, bananinha, ameixa e a tâmara, que são frutas encontradas facilmente no mercado. Além do potássio, são ricas em fibras, o que proporciona mais saciedade e dão energia porque são fontes de carboidrato de ótima qualidade”, explica a especialista.

Elaine indica também as frutas secas com oleaginosas, como a castanhas-do-pará, castanhas-de-caju, nozes, amêndoas, avelãs, porque essas retardam a absorção de glicose no sangue. “Você consome frutas que são ricas em potássio e outros nutrientes (como vitaminas e minerais) e oleaginosas, que são fontes de gorduras saudáveis também”, acrescenta.

Tudo em excesso faz mal, e não é diferente com esses alimentos, já que elas são ricos em açúcar. O alto teor de frutose pode comprometer a dieta de pessoas que querem manter ou perder o peso, então o ideal é que se consuma moderadamente. Ideal é consumir de 15 a 20 gramas, uma vez ao dia.

 

Sobre Elaine de Pádua

Nutricionista pós-graduada em Nutrição nas Doenças Crônico-Degenerativas pelo Instituto de Pesquisa e Ensino do Hospital Israelita Albert Einstein. Especialista em Adolescência para equipe multidisciplinar pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. Pós-graduada em Nutrição Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul. Atualmente é mestre pela UNIFESP.  Autora do Livro “O que tem no prato do seu filho?”, Editora Alles Trade. Ministra palestras em diversas empresas como Nestle, Itaú Unibanco, Bovespa, Grupo O Boticário etc.

 

Colaboração: Katarine Monteiro




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *